CONHEÇA HOMENS RICOS E MULHERES BONITAS. CADASTRE-SE AGORA!

Muita gente usa os termos Champagne, Cava e Prosecco de forma equivocada quando, na verdade, deveriam falar Espumante. Você sabe as diferenças entres essas bebidas? São todas vinho, sem dúvida. Champagne, Cava e Prosecco são todos vinhos espumantes que, por sua vez, designam o vinho com presença de gás carbônico, as famosas borbulhas, chamadas tecnicamente de perlage.

Champagnes são apenas os vinhos espumantes elaborados especificamente na região francesa de mesmo nome, Champagne, no Nordeste do país. Essa região foi oficialmente delimitada em 1927, respeitando a tradição e o método de elaboração (Champenoise ou Tradicional) da famosa bebida, símbolo de sofisticação. As uvas utilizadas também têm restrições: o Champagne só pode ser produzido com Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier. Geralmente, são os espumantes mais caros.

Quanto ao Prosecco, é a mesma lógica. Eles são espumantes produzidos na região do Vêneto, no Nordeste da Itália. Além de serem elaborado nessa região, para ser chamado de Prosecco, o vinho tem que ter pelo menos 85% da uva Glera em sua composição e ser feito por um método de produção específico, o Charmat.

Igualmente, o Cava só pode ser feito com certas uvas, usando o método Champenoise ou Tradicional e apenas em regiões delimitadas da Espanha. Já os espumantes, de maneira geral, são elaborados em qualquer lugar do mundo, mas sem regras rígidas de produção. Viu só que todo Champagne, Cava e Prosecco são espumantes, mas nem todos espumantes são chamados por esse nome?

CONHEÇA HOMENS RICOS E MULHERES BONITAS. CADASTRE-SE AGORA!