História das Marcas: Hermès Paris

sexta-feira, setembro 4, 2020

compartilhar:

Marca de moda imersa em história e tradição, Hermès é, provavelmente, uma das mais desejadas do mundo quando pensamos em luxo e exclusividade. E justamente por tudo isso, ela se tornou extremamente cobiçada por Sugar Babies de todo o mundo e hoje vamos te contar um pouco da história dessa marca que começou em uma fazenda.

O Início

Utilizando um seleiro, em 1837 Thierry Hermès abriu sua primeira oficina em Paris com nome inicial de Calèche, onde produzia e vendia diversos acessórios em couro como selas, estribos e rédeas, botas, luvas e cintos destinados à alta sociedade de Paris. Com este público seleto, é claro que não demorou muito para que o seleiro fosse abandonado e uma loja fosse aberta.

A oficina foi transmitida de geração para geração da família Hermès, tornando-se a segunda marca de luxo mais poderosa do mundo. Negócio familiar por cinco gerações, seu nome sempre foi símbolo de classe. Desde os primórdios da montaria e dos finos artigos equestres, até às famosas bolsas, a Hermès é conhecida por uma variedade de itens de alta costura.

A Caixa Laranja

A forte identificação da marca vem da sua tradicional caixa laranja, mas curiosamente, ela não foi a cor escolhida e tudo aconteceu por um imprevisto de logística. A cor original das caixas era creme, mas durante a Segunda Guerra os fornecedores tiveram seu estoque zerado e produção interrompida, em busca de novas saídas acharam caixas laranjas a pronta disposição e desde então virou um símbolo da marca.

Publicidade

A marca é tão solida no mercado que investe apenas 5% das suas vendas em publicidade, a estratégia consiste exatamente na pouca exibição. Tornando-se, assim, atrativo para celebridades que buscam um estilo único e inédito, e graças a elas Hermès acabou se tornando reconhecida mais facilmente pelo grande público, mas ainda mantendo seu uso exclusivo à alta sociedade.

Couro

A marca é especialmente famosa por seus produtos de couro. No caso de qualquer avaria, os clientes são orientados a retornar o produto às lojas da Hermès, para que os mesmos sejam consertados pela oficina central em Paris. Em 2015, uma polêmica sobre a origem cruel dos couros de crocodilo quase abateu a marca, mas logo a Hermès se manifestou e não reconheceu a fazenda de criação citada como sua e conseguiu provar que eram acusações falsas. 

Curiosidades

A Hermès vende um lenço de seda a cada 20 segundos, Victoria Beckham teria uma coleção de bolsas da Hermès estimada no valor de mais de US$2.000.000 e a famosa bolsa Birkin é a mais demorada na lista de acessórios de luxo hoje, podendo levar em torno de seis anos para ser entregue! Por isso, se ela é o seu sonho de consumo não espere muito para pedí-la ao seu Daddy, pois com certeza ela demorará para chegar.

E você, já conhecia a história desta marca? Já conquistou a sua peça mais cobiçada? Não esquece de me contar tudo nos comentários 😘

Siga-nos

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nome *
Comentário
Entre para o nosso “pote de açúcar” cheio de Sugar Babies!
Encontre alguém que se encaixe às suas expectativas.