FMU lidera ranking universitário de Sugar Babies no Brasil

Monday, 15 February, 2016

Junto ao início do período letivo, lista montada pelo novo site de relacionamento MeuPatrocinio.com inclui USP, PUC, UFRGS e outras instituições renomadas

Segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016 — As Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) lideram o primeiro levantamento de universidades mais frequentadas pelas Sugar Babies no Brasil. O estudo foi feito com mais de 19 mil garotas cadastradas no MeuPatrocinio.com, primeira rede de relacionamento entre Sugar Daddies e Sugar Babies do país, no ar desde novembro de 2015.

De todas as meninas que participam do site, 59% são estudantes universitárias com média de idade de 23 anos. Durante a pesquisa, elas disseram preferir homens maduros, de sucesso, com uma vida mais estável e experiência o suficiente para guiá-las pelo melhor caminho profissional, como um mentor. Os Sugar Daddies ajudam a elevar o patamar social de suas Sugar Babies, apresentando novos meios, contatos e financiando seus estudos.

Das universidades mais frequentadas, a Pontifícia Universidade Católica (PUC) e a Universidade Paulista (Unip) ficaram na segunda e terceira posições, respectivamente.

Entre as instituições públicas, destacam-se a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

No ranking de cursos, Direito levou o primeiro lugar, seguido por Administração, Psicologia, Moda e Comunicação Social.

Confira o TOP 10 Universidades Sugar Baby do Brasil

1º Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU)

2º Pontifícia Universidade Católica (PUC)

3º Universidade Paulista (Unip)

4º Anhembi Morumbi

5º Uninove

6º Estácio de Sá

7º Universidade de São Paulo (USP)

8º Mackenzie

9º Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP)

10º Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Trilha de carreira

Em entrevista para o site, muitos Sugar Daddies se revelaram satisfeitos em poder ajudar suas Sugar Babies com esse tipo de investimento. “Gosto muito de poder contribuir financeiramente com a educação da minha Sugar Baby, pois a felicidade e a realização profissional dela é importante para mim”, disse Júlio, um Sugar Daddy que começou seu relacionamento com uma Sugar Baby pelo MeuPatrocinio.com em dezembro.

Alternativa à crise

O cenário negativo na economia do Brasil nos últimos anos tem mostrado uma desaceleração no número de jovens matriculados em instituições de ensino superior.

Segundo o INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), o aumento anual era de cerca de 4,3% até o último censo (realizado em 2015), que registrou 3,8%.

Com a inflação e queda do poder aquisitivo do brasileiro, o FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) teve redução de quase metade dos contratos, e o ProUni (Programa Universidade para Todos) reduziu em 4% a oferta de bolsas parciais e integrais.

É nesse cenário que opções menos convencionais, como os Sugar Daddies, começam a mostrar uma luz no fim do túnel. “Por que competir por bolsas cada vez mais raras se você pode encontrar um homem maduro e generoso que pague a faculdade e ainda construa um relacionamento saudável?”, indaga Jennifer Lobo, CEO do site.