CONHEÇA PESSOAS RICAS E BONITAS. CADASTRE-SE AGORA!

O luxo é, muitas vezes, visto como algo fútil e sem valor. O preço, nós, Sugar Babies, bem sabemos qual é. Mas, será que, quando presenteados com um artigo de luxo pelo Sugar Daddy ou Mommy, entendemos o real valor dele?

Os itens de luxo que tanto gostamos, como Dolce&Gabbana, Gucci, Versace, Ermenegildo Zegna, Moschino, entre outras, podem nos oferecer uma experiência única de consumo. Mas, a pergunta que fica é: será que sabemos como consumir esse tipo de artigo?

Se a exclusividade é o ponto alto das grifes de luxo, comprar o item hit da coleção vai contra ter algo singular. E esse é o principal erro cometido por quem tem a oportunidade de ir a um shopping de alto padrão e adquirir algo com “nome e sobrenome”.

A principal dica é saber qual é, entender e respeitar seu próprio estilo. Comprar só porque é o item que está mais em alta na coleção pode fazer com que você enjoe dele rápido e ele termine no fundo do armário. E, ao pagar um preço alto, você não vai querer não usar.

Quem quer manter essa exclusividade, tendo em mente que comprar um item de luxo não é algo corriqueiro, pode optar pelas peças que não são as mais visadas. Afinal de contas, tem-se uma coleção inteira de itens para você levar para casa. Opte pelos itens mais básicos, e aqueles que condizem com seu estilo de vida. Se carro e uber não são os seus principais meios de transporte, evite o slipper Princetown da Gucci, por exemplo! Apesar de ser um item de sucesso da marca, ele não é o mais recomendado para ambientes cheios.

Pensar na funcionalidade da peça já é um passo para consumir artigos de luxo da melhor maneira. Porém, tenha em mente e, caso não saiba, pergunte ao responsável pela venda mais informações sobre aquele produto; materiais, métodos de produção, qualidade e cuidados especiais são apenas algumas das informações que todo consumidor deve saber.

Saiba que sua compra vai durar uma vida toda. A confecção desses artigos é responsável por uma grande parcela do preço. As peças bordadas têm esse trabalho feito manualmente, bem como algumas peças estampadas.

Outro ponto de destaque é a durabilidade dos produtos. Essas são peças capazes de passar de geração para geração. Logo, o que está em alta hoje, daqui duas décadas se torna vintage e ainda mais conceituado.

CONHEÇA PESSOAS RICAS E BONITAS. CADASTRE-SE AGORA!