CONHEÇA PESSOAS RICAS E BONITAS. CADASTRE-SE AGORA!

Soraya entrou para o Meu Patrocínio Gay em busca de realizar vários de seus sonhos, entre eles conhecer alguém que gostasse dela de verdade. A traição da última relação fez com que ela ficasse desacreditada de relacionamentos tradicionais e visse no relacionamento Sugar a possibilidade de unir o útil ao agradável. Agora ela é Sugar Baby e conta para a gente como tem sido essa experiência.

“Eu me apaixonei e depois de quase um ano de relacionamento, descobri que estava sendo traída há dois meses. E o pior de tudo? O comportamento dela estava normal; no dia a dia ou na cama, estava tudo ‘perfeito’.

Quando descobri tudo, fiquei totalmente desencantada e pensei em nunca mais me relacionar. Eu me fechei. Não saía de casa e não pensava em me relacionar tão cedo. Eu perdi a confiança nas pessoas.

Mas eu não aguentei ficar nessa clausura por muito tempo. Depois de um mês, já estava de volta às festas e aos eventos que tanto gostava de participar. Mas, ainda assim, eu continuava fechada. Cheguei a mentir meu nome e telefone para as pessoas. Tudo isso como forma de proteção.

Descobri o site do Meu Patrocínio depois de ler uma matéria sobre relacionamento Sugar. Fiquei intrigada e pensei ‘Bom, isso é novidade para mim. Será que daria certo?’ Fiz meu cadastro e saí com várias pessoas. Tipo, várias mesmo. Eu estava desacreditada de tudo. Não queria me envolver mas também não queria ficar sozinha. As pessoas com quem eu estava saindo eram muito agradáveis. Sério! Elas tinham um papo ótimo. Eram sofisticadas. Por várias vezes, eu me senti bem humilde. E olha que, por trabalhar com relações públicas e sempre estar em eventos, eu achava que conhecia bastante o mundo do luxo. Foi nesses encontros que vi que eu não sabia quase nada (risos!).

Fiquei quase dois meses saindo com Daddies e Mommies. Alguns duraram mais que dois encontros. Outros, não passaram disso. Mas teve uma pessoa em especial que eu achei que tinha tudo a ver comigo, a Verônica. A gente saiu umas oito vezes, até eu me convencer que ela era a pessoa certa, e que eu estava preparada para me relacionar de novo.

Mas, com essa mulher não tem como não se apaixonar. Ela é leve, segura de si, sabe o que quer e quem quer ao seu lado. No nosso terceiro encontro, ela me disse que queria firmar algo comigo. Eu expliquei toda a situação para ela e disse, abertamente, que não a estava enrolando. Eu só precisava ter certeza que estava pisando em um terreno sólido. Ela, segura que é, disse que poderia facilmente provar isso para mim. E que, a cada saída, eu ia ter mais certeza que ela era ‘sólida’.

Nesse momento ela me cativou e me contagiou. Depois de mais alguns encontros, eu disse a ela que estava preparada para firmarmos algo. A gente não definiu quantas vezes iríamos nos ver. Optamos por deixar bem livre e fazer o que nos desse vontade. Ela é arquiteta e viaja muito. Eu tenho a acompanhado em várias dessas viagens, para a gente passar mais tempo juntas. Tem sido incrível. Além disso, eu ganho cada presente que fico até desacreditada. Já ganhei viagem sozinha, viagem acompanhada dela, roupas, bolsas e sapatos…MUITOS sapatos. Eu sou apaixonada por saltos. Ela é mais básica, mas entende total a minha fixação, já que ela fica assim por tênis. É realmente uma doçura.”

CONHEÇA PESSOAS RICAS E BONITAS. CADASTRE-SE AGORA!