CONHEÇA PESSOAS RICAS E BONITAS. CADASTRE-SE AGORA!

Mesmo no cenário LGBT, a bissexualidade muitas vezes é analisada com críticas duras por quem não entende – e nem respeita – uma orientação sexual diferente da própria. Alguns julgam uma mulher ou um homem que se relaciona com os dois gêneros como uma pessoa que não sabe o que quer. A realidade não é bem essa. O mundo evoluiu e as relações humanas também. As pessoas se relacionam hoje de inúmeras maneiras. E isso não é nenhum problema.

A pluralidade é enriquecedora para entendermos melhor quem somos e para onde vamos!

O que é importante compreender é que a sexualidade não é definida pelo gênero ou pela quantidade de gente que se relacionou para que a balança tende mais para um lado do que para outro. Mesmo que se viva um relacionamento Sugar com alguém do sexo oposto por um bom tempo, você pode continuar sendo bissexual.

Assumir-se gay pode ser difícil e doloroso, assim como sentir-se atraído tanto por homens quanto por mulheres. Unindo todas as dificuldades com a visão deturpada que alguns podem ter do mundo Sugar, você pode se sentir oprimido..

Seja forte e firme, sendo você Sugar Baby, Daddy ou Mommy. Viva a plenitude do que você acredita, inclusive sua sexualidade, e continue buscando sua felicidade. No final das contas, é só isso que importa. Encontrar a pessoa certa, viver um relacionamento Sugar dos seus sonhos, com afeto, respeito e açúcar, sem preconceitos e discriminações.

CONHEÇA PESSOAS RICAS E BONITAS. CADASTRE-SE AGORA!