Como guardar dinheiro e enriquecer

Por |05 maio, 2016|Categorias: Sugar Daddy|Tags: , , , , , , , , , , , |Comentários desativados em Como guardar dinheiro e enriquecer

Como ficar rico e seguir em crescimento? Qualquer pessoa que chegou a tal status diz que não é tão difícil assim, e os especialistas defendem que, acima de tudo, é uma questão de mudança de hábitos e mentalidade. Para te ajudar nisso, fomos atrás de descobrir o que de diferente passa pela cabeça dos bem-sucedidos e como eles veem o dinheiro.

Querer ou poder?

Ganhar dinheiro, subir na vida, ser rico… Isso todo mundo quer. Mas aí é que está o erro: ficar apenas “querendo”. Pessoas de sucesso não esperam que as coisas caiam do céu ou que a vida aconteça – elas fazem suas próprias vidas. Então, não queira ser rico, tenha isso como objetivo.

Jogar para ganhar

Muita gente fala de evitar vícios para progredir. É verdade, nenhum vício é bom e nem ajuda a ficar rico (muito pelo contrário). Mas tem uma ideia que é boa para seguir no caminho da vitória: ver o dinheiro como um jogo, e não ter medo de jogar, pois sabe que vai ganhar. Mesmo quando falham em uma movimentação financeira ou outra, os homens de negócios prosseguem como se o jogo não tivesse terminado, até ganharem (é só uma questão de mudar o jogo a seu favor).

Obstáculos são bons

Todo caminho tem pedras no caminho, e temê-las é o mesmo que fracassar – só acerta quem erra; Só chega ao topo quem passa por baixo. Enxergue os percalços e eventualidades de qualquer ação como oportunidades para fazer mais e melhor (e não como dificuldades que o forçam a parar).

Sem inveja

Às vezes, quando vemos alguém em situação melhor que a nossa, é difícil não ficar com uma pontinha de inveja. Mas isso deve ser evitado! Inveja só faz mal para nós mesmos, é um gasto de energia à toa, pois não leva a nada, senão à estagnação. Admire as pessoas ricas e bem-sucedidas e passe um tempo com elas para, assim, aprender com elas e chegar no mesmo lugar (afinal, “diga-me com quem andas, e te direi eu és”).

Vista-se

A regra é: não se vista para a posição que você ocupa, mas para a posição que quer ocupar. Tudo bem se hoje você tem mais liberdade de vestimentas e prefere mostrar sua identidade por meio do figurino, mas por que não deixar isso para os fins de semana? Quando o assunto for trabalho, negócios, reuniões e prospecção, vista-se como o maior diretor de sua empresa se vestiria – antes de assumir um posto, é preciso se adaptar a ele.

Sinta-se

Não se sinta pequeno nunca. Problemas sempre aparecem, mas eles não podem ser maiores do que você. Assim como feedbacks, muitos negativos, que só vêm para ajudar a crescer, e não para te deixar para baixo. Dificuldades e rejeições vão surgir, pois não é escolha de ninguém, mas como se sentir diante delas, isso sim, podemos escolher.

Trabalho e resultado

O que mais se vê no mercado hoje em dia são pessoas cobrando por horas – os melhores profissionais possuem horas caras, enquanto os novatos têm horas mais em conta. Grande erro, do ponto de quem já chegou ao topo. Afinal, um bom profissional não é aquele que trabalha mais ou menos horas, mas aquele que traz resultados. Cobre por métricas, por objetivos alcançados, por projetos concluídos, e veja seu nome cada vez mais referenciado.

Escolha “ambos”

Quando diante de uma escolha, não escolha apenas uma, nem perca tempo pensando em qual. Nem tudo se resolve com “isso ou aquilo”, então, escolha ambas as alternativas, e faça o melhor pelas duas. É melhor sobrar do que faltar, sempre.

Administre

Educação financeira é algo tão importante que muitas escolas já estão adotando desde as turmas mais jovens. É imprescindível conhecer eu dinheiro e seus gastos, estar por dentro de cada movimentação e cada centavo para prever o que acontece no final da semana, do mês ou do ano (e para não ter surpresas desagradáveis).


Daddies’ Tuesday: Dicas e guias para usar todo o seu charme com as Sugar Babies (e entendê-las melhor!).