mulher

4 05, 2016
Sugar Baby, deixe de ser tímida!

Por |05 maio, 2016|Categorias: Sugar Baby|Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , |Comentários desativados em Sugar Baby, deixe de ser tímida!

Mais do que em qualquer namoro, um relacionamento entre Sugar Daddy e Sugar Baby depende muito da comunicação, já que tudo é acordado e conversado desde o início. E aí, se você for tímida, o desafio é ainda maior…

Não há nada de errado em ser quietinha, mas para ser uma legítima Sugar Baby é preciso ser confiante e mais extrovertida. Ninguém consegue ler a mente de ninguém (pelo menos não até onde sabemos), e é só durante um papo e outro que se descobre quando o contato está ou não fluindo.

Quer uma força para chegar lá?

1º Avalie se um relacionamento Sugar é o tipo de relacionamento que você quer no momento. Está preparada para isso? Como andam o ciúme e a segurança? Saiba o que está buscando e o pelo que está disposta a passar, e isso te deixará muito mais confiante e pronta para falar.

2º Saiba que não vai ser de primeira – é provável que você saia com vários Sugar Daddies, e muitos não se encaixem as suas expectativas (ou você às dele). Não perca a chance de treinar com cada um, até que se torne natural.

3º Vá para o mundo virtual. Já que a prática leva a perfeição, teste suas habilidades também em chats online e aplicativos de celular. Além disso, te ajuda a quebrar o gelo antes mesmo de um primeiro encontro.

4º Pratique também com espelhos. Faça discursos, treine e desabafe com seu espelho, por mais estranho que possa parecer. Conforme for passando o tempo, você conseguirá levar conversas de uma forma muito mais fácil e automática.

5º Adapte sua personalidade a esse novo jeito de ser. Não se limite aos encontros. Seja extrovertida em casa, no trabalho, com os amigos… Você vai perceber muitaa coisa mudando em sua vida (para melhor!)

Naturalidade

Lembre-se: essas dicas são para que você possa soltar seu lado interior, e não para criar uma máscara. Cada pessoa é diferente, não pense que existem assuntos genéricos que para usar com todos. É para ser interessante, divertido e, acima de tudo, orgânico.


Baby Wednesday: matérias, dicas e guias voltados às Sugar Babies.

14 04, 2016
O que fazer (e não fazer) no primeiro jantar

Por |04 abril, 2016|Categorias: Primeiro Encontro|Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , |Comentários desativados em O que fazer (e não fazer) no primeiro jantar

Pedir salada verde ou optar por uma tigela de sopa de cebola? Apostar em um beijo ou terminar com um abraço? A gente nunca sabe como fazer as coisas progredirem com toda a certeza em um primeiro encontro, mas é possível se superar para tornar o jantar inesquecível.

Isso você pode fazer:

Sujeira no dente

Homens e mulheres, digam se ela ou ela tiver alface, batom ou qualquer outra sujeirinha nos dentes. Da mesma forma que todos estão preocupados em não ficar bagunçado ou despenteado, existe, sim, a possibilidade de algo, sem querer, ficar preso no lugar errado. Acredite: é muito menos vergonhoso ser avisado de uma sujeira do que ficar falando por horas e sorrindo largamente com um visual não muito agradável. Além de passar maturidade e confiança, dá para quebrar o gelo com bom humor.

Preço do prato

A regra é: nem tão barato nem tão caro. A primeira refeição diz muito sobre você, assim como vinho ou a bebida escolhida. Então, não deixe de mostrar aí suas características, mas sem exagerar nos preços – não escolha o prato mais simples e barato, que não vai refletir sua personalidade e pode até desagradar, mas também não fique de olho só nos pedidos mais requintados e exagerados. Tente pedir algo numa faixa média de preço e faça com que a refeição seja um complemento do encontro, e não algo a ser lembrado pelo valor.

Agradecer

Sugar Babies, tenham bons modos e nunca se esqueçam de agradecer quem te levou (e bancou) o encontro. Ele encontrou um tempo no meio da agenda lotada só para ficar com você. O mínimo que você pode fazer é mostrar gratidão. Se o encontro virar um ritual mensal incluindo um auxílio, você certamente não deve se esquecer dessa atitude (faça disso um hábito).

Planejar um próximo encontro

Sugar Daddy, se você achou um grande encanto a garota com quem passou a noite junto, pergunte sobre um próximo encontro para que ela saiba que você está interessado e que gostaria de mais tempo junto. Seja um cavalheiro e mostre que gostaria de ser novamente – não se esqueça, uma relação Sugar pressupõe expectativas claras de ambas as partes.

Isso você não pode fazer:

Beber demais

O primeiro jantar não é o momento para tomar todas e curtir como se estivesse na faculdade. É uma refeição para ser dividida entre dois adultos maduros, por isso, fique esperto com as suas doses – tente tomar no máximo duas garrafas de vinho ou um drinque, sempre alternando com copos de água e um petisco ou outro, para quebrar o efeito do álcool. Isso evita comportamentos constrangedores e assuntos que podem se tornar discussões. Esteja atento aos limites do companheiro ou companheira também (às vezes, a pessoa não quer parecer fraca, e por isso temos que parar antes em respeito).

Celular

Não tem nada pior em um encontro do que ser interrompido pelo incômodo de uma ligação telefônica. “Daddies”, basta apenas uma ligação da sua assistente para irritar e mudar completamente o humor da sua parceira. O foco da noite deve ser a sua Sugar Baby. Ela, provavelmente, ficou o dia todo ansiosa só para te encontrar e não iria querer ter o encontro de uma hora e meia encolhido para apenas 20 minutos de interação de verdade. Até vocês acertarem os detalhes do acordo, faça o favor de minimizar qualquer possibilidade de distração com telefones e gadgets. Sugar Babies, isso também inclui ficar ligada no Facebook a ponto de esquecer que um potencial Sugar Daddy ricaço está sentado na sua frente.


Dating Thursday: as noites de sexta e sábado são de encontro? Dicas e guias para namorar.

8 04, 2016
6 erros sobre relações Sugar

Por |04 abril, 2016|Categorias: Sugar Baby|Tags: , , , , , , , , , , , , , , |Comentários desativados em 6 erros sobre relações Sugar

Muito se fala, mas poucos sabem de verdade do que falam. Com as relações entre Sugar Daddies e Sugar Babies ainda existem dúvidas e preconceitos por falta de conhecimento ou por confusões. Para não achar erros, ou para explicar para as pessoas que te rodeiam, listamos os oito mal-entendidos mais comuns.

1. Encontro envolve sexo

Este é o maior de todos os erros. Sugar Babies não são garotas de programa, ou seja, um encontro acontece por afinidade, e não para que haja uma relação sexual. Sexo é só uma parte de todo o quadro, que pode ou não acontecer e que pode levar tempo, como em qualquer relacionamento.

Em uma relação Sugar, tudo é transparente, tudo se baseia em acordos confortáveis para os dois. Muitos Sugar Daddies são casados, têm uma vida íntima com suas esposas, e o que esperam de suas Sugar Babies é companheirismo.

2. Relacionamento Sugar e prostituição

Como dissemos, relação sugar é feita por afinidade. Não é uma negociação, não é prostituição. Uma garota de programa recebe dinheiro para fazer um certo serviço. Uma Sugar Baby não recebe dinheiro por fazer nada e nem é obrigada a fazer nada – ela apenas tem bons momentos e experiências com um homem que gosta de passar o tempo, conversar e compartilhar histórias.

Ao contrário de prostitutas e clientes, são pessoas que querem alguém para conversar, alguém atraente, sensível e articulado o suficiente para sustentar uma conversa na intimidade e em público. Ou seja, não tem nada a ver com prostituição.

3. Relacionamento Sugar não é normal

Não faz sentido tratar uma relação Sugar como fora do “normal” ou do “casual”. Existem combinações que que não costumamos ver em outros casais é verdade (como presentinhos e pensões, entre outros), mas isso só é mais um exemplo de como a humanidade é versátil. Não quer dizer que é anormal, apenas diferente. O primeiro encontro cheio de tensões e ansiedade, as conversas cotidianas, os programas de namorados… São todos iguais.

4. Sugar Daddies são homens velhos

É um mito pensar que para ser bem-sucedido, financeiramente estável e influente, o Sugar Daddy precisa ser velho. Ainda mais se pensarmos nos tempos de hoje, de jovens empreendedores do mundo digital que ficam multimilionários antes dos 30 anos. Há muitos jovens ocupados que buscam um relacionamento que vá direto ao ponto. Na maioria das vezes são, sim, mais velhos do que as garotas, mas tenha a certeza de que existem homens de sucesso (e Sugar Daddies) de qualquer idade.

5. Todo Sugar Daddy trai a esposa

Para começar, muitos Sugar Daddies nem são casados – há os divorciados, os solteiros e os que só procuram uma companhia que esteja interessada em passar um tempo com ele, sem se preocupar em construir uma família.

6. Encontros Sugar são secretos

Como não existe nada de errado em um relacionamento Sugar, não tem por que achar que seus encontros devem ser feitos às escondidas. Sugar Daddies e Sugar Babies não têm vergonha do que fazem. Pelo contrário: se orgulham e primam pela transparência. São abertos e gostam de deixar tudo às claras. Geralmente, empresários exitosos não ligam para o que pensam sobre seu estilo de vida – eles querem é viver com tranquilidade as coisas que gostam de viver.

24 02, 2016
5 motivos para namorar um homem mais velho

Por |02 fevereiro, 2016|Categorias: Sugar Baby|Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , |Comentários desativados em 5 motivos para namorar um homem mais velho

Apesar de cada vez mais comum em qualquer parte do mundo, a diferença entre idades de um casal sempre desperta tabus e, às vezes, até preconceito. Mas, se você já é madura o suficiente e tem suas próprias metas, sabe que existem benefícios em uma relação com alguém mais velho.

Assim como os melhores vinhos, o homem certo só melhora com o tempo. Pense no George Clooney, Antonio Fagundes, Fábio Assunção e tantos outros homens bem-sucedidos (e bem felizes) com companheiras 10 a 20 anos mais novas. A verdade é que, desde pequenas, muitas meninas já percebem que há algo de mais interessante nos rapazes de séries mais avançadas.

Cansada de jovens pouco ambiciosos ou sem atitude? De namoros financeiramente instáveis? De parceiros que ainda preferem paquerar a trilhar um plano de carreira? De filhinhos de papai? Então, se ainda tem dúvidas, te damos cinco razões para preferir um homem mais velho:

1. Ele tem mais experiência de vida

E isso serve para tudo – seja no âmbito profissional, no lado dos relacionamentos pessoais ou até na cama. Um homem mais velho já experimentou muita coisa e, hoje, sabe o que quer. Com mais conhecimento, pode te orientar, guiar, proteger e até ensinar uma coisa ou outra com seus conselhos.

2. Ele tem segurança financeira

Administrar o próprio dinheiro não é uma tarefa fácil. Muitas vezes, é preciso errar para aprender. Um namorado mais velho já passou por isso e aprendeu a lição – sabe fazer dinheiro, guardar dinheiro e cuidar das finanças. Ele se preocupa com o futuro dele (e, consequentemente, com o seu).

3. Ele sabe conter as emoções

Quanto mais velho, mais calmo e paciente você fica. Os garotos mais novos tendem a ser explosivos, desesperados, inseguros com quase tudo, e isso causa certa instabilidade nas relações. Os homens que já passaram por isso sabem lidar bem com crises e maus momentos. Em vez de enxergar um problema como tempestade em copo-d’água, procuram soluções.

4. Ele é romântico

Sabe por que homens mais velhos são mais galanteadores? Eles conheceram as mulheres e aprenderam como tratá-las bem. Passam a dar importância a coisas que namorados mais jovens veem como banais, mas que deixam qualquer mulher mais feliz e satisfeita: flores, chocolates, um abraço, um beijo a luz de velas!

5. Você fica bem com um homem mais velho

Apesar de existir pessoas que julgam, acredite, tem mais gente do seu lado do que você imagina. Um homem mais velho sabe se portar, e isso torna o casal ainda mais bonito e apresentável (em público ou a sós).


Baby Wednesday: matérias, dicas e guias voltados às Sugar Babies.