De Repente 30: Sendo uma Sugar Baby

Mayara (Admin)
terça-feira, agosto 20, 2019
(Last Updated On: agosto 20, 2019)

Posso afirmar, pelas perguntas que chegam aqui, e pela experiencia com relacionamentos Sugar que uma dúvida comum das Babies é com relação a idade. Os questionamentos vem tanto de mulheres na casa dos vinte que estão em um relacionamento Sugar, ou almejando um, quanto daquelas que já estão nos 30 e desejam ingressar mas sentem receio.

Como continuar um relacionamento Sugar depois dos 30?

A primeira coisa que vocês devem saber é que os relacionamentos Sugar não são temporários, muitos pensam que os Sugar Daddies só estão em busca de uma mulher linda e jovem ao seu lado, não que isso seja uma inverdade, mas sabemos que vai muito além disso. Eles buscam uma mulher de verdade, eles ajudam no crescimento profissional, construir e conquistar seus desejos, e com o passar do tempo, já estabelecidas, eles encontram em sua Baby um abrigo. Sim, abrigo, alguém com quem eles podem conversar sabendo que serão compreendidos – alguém mais estável e pé no chão.

Relacionamentos Sugar, como quaisquer outros, são feitos para durar, obviamente que se você ou seu Daddy preferem manter algo mais casual, será difícil, porém não impossível, que permaneçam juntos por anos. Isso não te impede de continuar seguindo este estilo de relacionamento, quanto mais você viver o estilo Sugar mais o entenderá, e obterá o sucesso – independente de sua idade!

Dá pra começar um Relacionamento Sugar depois dos 30?

Tenho certeza que muitas passam por essa insegurança na hora de fazer seu cadastro, mas podem ficar tranquilas, apesar do nome “Baby” sugerir mulheres (e homens) jovens, é completamente normal ser uma Sugar Baby na fase adulta. Idade é só um número e não te impede de entrar de cabeça, alma e coração em nosso site em busca do seu Daddy.

Como mencionei no ultimo post é essencial que você faça uma boa descrição, muito mais do que fotos ou idade, os Daddies se interessam por quem você é verdadeiramente, e o ideal é tentar deixar isso transparecer em suas descrições no site. Conte suas experiencias, acredite, com mais de 30 esse pode ser o diferencial de seu perfil, explique também quais objetivos ainda quer realizar, e melhor ainda, na companhia de seu Daddy! 

Mostre que é uma mulher confiante e que não deixa a desejar em nenhum requisito. Deixe claro que sua maturidade evita aqueles joguinhos, que todas nós estamos cansadas. Sua beleza e autoestima não são afetadas pela idade, demonstre isso, você sabe o que merece, faça o Daddy saber também! 😉

Você é, ou conhece uma Sugar Baby com mais de 30? Conte sua experiencia nos comentários!  😊Tem uma amiga insegura de realizar cadastro? Envie esse post para ela. Ah, e não esqueçam de me contar o que mais querem ver por aqui, estou atenta a todos os comentários! 😘

compartilhar:

Comentários:

14 comentários em “De Repente 30: Sendo uma Sugar Baby”

  1. Fabrício disse:

    Olá tudo bem?
    Eu gostaria de me cadastrar para ter uma patrocinadora, como faço?

    1. Mayara (Admin) disse:

      Oi, Fabrício! Basta clicar no botar cadastre-se no topo da página 😊

  2. Janaina Thomaz Almeida Santos disse:

    A pouco fiz minha inscrição como sugar baby, confesso que fiquei receosa também devido a idade, pois tenho 42 anos, outra preocupação foi com relação ao poder aquisitivo, porque sou uma mulher comum, tenho minhas vaidades, porém não sou “dondoca”, eu tenho que ir a luta todos os dias para conseguir, na verdade, o básico. E fiquei muito na duvida do que colocar na minha descrição, mesmo não omitindo nada, coloquei e fui bem sucinta.
    Então gostaria de saber se perfis de mulheres como eu, com 42 anos, vivem uma vida comum, de trabalhar para sustentar sua família, com todas as dificuldades do dia dia teriam chance de encontrar um parceiro no relacionamento sugar ou só mulheres que já possuem uma vida com um padrão um pouco mais elevado sem tantos percalços?

    1. Mayara (Admin) disse:

      Oi, Janaina! Claro que sim, aqui você achará um Daddy de verdade que saberá reconhecer todas as suas qualidades 😘

  3. Eva disse:

    Eu tenho muita curiosidade de saber como é se relacionar com homens mais velhos, no caso do sugar minha dúvida maior é a aparência, não sou bonita ,dentro dos padrões que costumamos, ver nesses sites e qdo homens mais velhos procuram mulheres jovens, além disso tenho 36 anos e sou gordinha, gostaria muito de me aventurar nesse mundo e aprender com homens mais maduros

    1. Mayara (Admin) disse:

      Oi, Eva! Não se apegue aos padrões, cada Daddy é único, com seus gostos e forma de ver o mundo. Tenha confiança e acredite que é possível encontrar seu Daddy 😘

  4. Joanes disse:

    Li alguns depoimentos achei interessante. Sou solteira tenho 50 anos, me acho uma mulher interessante, sempre tive curiosidade em saber melhor sobre esse site, pensei que só mulheres mais jovens pudessem se inscrever.
    Hoje vejo que qualquer idade, isso é maravilhoso! Estou muito interessada, sempre tive sonhos e min a deixei de sonhar. Quem sabe encontro um homem que tenha mais idade que eu e seja interessante, tenha uma boa conversa e juntos podemos viver momentos bons e duradouros.

    1. Mayara (Admin) disse:

      Fico muito feliz em saber que está disposta a entrar nesse estilo de vida! Tenho certeza que possui todos os atributos para o sucesso 😘

  5. Raríssima disse:

    Para mim, aos 46 anos de idade, foi um desafio criar um perfil num site de relacionamento Sugar. Antes de iniciar nessa atmosfera pesquisei muito sobre o assunto e confesso que minha principal preocupação foi a questão da idade. Achei que entraria num meio muito competitivo com jovens e belas mulheres. Embora esses anos dourados tenham sidos generosos comigo (gosto do que vejo no espelho e me cuido muito), porém ainda encontraria preconceitos. Mas, sabendo que tenho diferenciais, pois a maturidade me tornou uma pessoa mais sábia, que sabe o que quer, independente financeiramente, culta, de gosto refinado, decidi buscar alguém para compartilhar e somar. Uma companhia agradável que tenha afinidades, que queira uma relação leve, onde haja uma troca mútua de benefícios. Afinal, quem não gosta de uma boa conversa, mimos, ser cortejada, protegida e respeitada?

    1. Mayara (Admin) disse:

      Que incrível saber da sua experiência! Muito obrigada por compartilhá-la! Tenho certeza que ter dividido isso com a gente incentivará outras mulheres a também entrarem em relacionamentos Sugar independente de sua idade 😉😘

  6. RAISSA NEVES disse:

    Não que tenha a ver com o assunto, mas eu queria fazer uma pergunta. Uma mulher cadeirante pode ser sugar baby? Tem esse tipo de preconceito no mundo sugar (não sei se deu para entender oque eu quis dizer, desculpa)?

    1. Mayara (Admin) disse:

      Oi, Raissa! No MeuPatrocínio acreditamos que não existe preconceito para o amor, muito menos quando se trata de Relacionamento Sugar!🥰 Tenho certeza que uma mulher cadeirante encontrará um Daddy que cuidará muito bem dela e saberá reconhecer o seu valor 😘

  7. Linda Rodrigues disse:

    Nao tenho nenhum contato ou conheço mocas ou moços que são suggar mas ja li vi entrevista em fim apesar de esta na casa dos 30. Me interecei e lendo aqui teve coragem para mim inscrever pois como vc disse nos achamos que so as beby podem ser uma suggar. Eu gostsria de ter conhecer alguém que posso me legar para Viagens tenho alguns objetivos na vida e tslvez seja uma possibilidade de adquirir. Trabalho levo uma vida normal porem quero algo mais e conhecer viver novas cotações como conhecer um cara bacana uma boa conversa em fim da o que sei ou tenho e receber do outro tbm. Ficaria muito satisfeita se vcs se interesse em mim obg.

    1. Mayara (Admin) disse:

      Olá, Linda! Fico muito feliz em saber que este post lhe ajudou a fazer seu cadastro em nosso site, espero que em breve encontre seu Daddy e seja muito feliz 😘

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nome *
Comentário
Entre para o nosso “pote de açúcar” cheio de Sugar Babies!
Encontre alguém que se encaixe às suas expectativas.