Relacionamentos crescem após amizades longas, diz estudo

Iza A

Descubra como a amizade e a confiança são alicerce em relações, principalmente no relacionamento sugar

O amor à primeira vista pode se apresentar de muitas maneiras, uma delas é na amizade. É isso que confirma um estudo realizado por Danu Stinson, professora associada de psicologia da Universidade de Victoria em British Columbia, Canadá. Em suas pesquisas, ela constatou que dois terços dos relacionamentos românticos começam como amizades de longo prazo.

Em um bate-papo, o especialista em relacionamento do MeuPatrocínio, Caio Bittencourt, falou sobre o tema, apontando elementos que favorecem essa preferência. “Normalmente, o “clichê” dos filmes de romance é representar duas pessoas estranhas que se esbarram por aí e acabam se apaixonando, mas na vida real isso ocorre quase sempre de outra forma. As pessoas estão mais propensas a começar a se relacionar com uma amizade, onde já há uma intimidade e confiança, o que facilita essa transição para um romance, especialmente em relacionamentos como os de Sugar Daddy e Sugar Baby, onde a relação inicial muitas vezes envolve uma dinâmica de apoio financeiro e estilo de vida”, contou.

A pesquisa, que foi publicada na revista Social Psychological and Personality Science, descobriu que 66% dos casais iniciaram seus relacionamentos após uma amizade que durou meses ou anos. Entre os jovens, a preferência por se envolverem com um amigo se torna ainda maior, onde a intenção romântica é mais aflorada.

O especialista acredita também que estabelecer uma comunicação transparente e sincera é necessária para construir qualquer amizade. “É muito importante criar um ambiente seguro, descontraído e feliz, onde ambos possam expressar seus pensamentos, sentimentos e preocupações. Problemas, todo relacionamento têm, a questão é falar sobre eles de maneira construtiva. Estar presente para o seu parceiro, além do mais, saber ouvir é fundamental. Uma comunicação aberta e saudável fortalece o vínculo criado entre vocês. Só assim se conhece a fundo quem está com você.” Finaliza Caio Bittencourt.

Sendo assim, torna-se comum que as pessoas busquem se aproximar de alguém que elas já possuam certa intimidade, o que reforça a ideia de que o entendimento, a confiança e a transparência são essenciais para qualquer relacionamento duradouro.

Siga-nos

Comentários:

2 comentários em “Relacionamentos crescem após amizades longas, diz estudo”

  1. Vanessa S. disse:

    Ansiosa pela minha aprovação no site. Estou de dedos cruzados.

    1. Iza A disse:

      Olá, Vanessa! Estou aqui torcendo por você.🤩🤩

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentário
Nome*

Entre para o nosso “pote de açúcar” cheio de Sugar Babies!

Encontre alguém que se encaixe às suas expectativas.

Cadastre-se