CONHEÇA PESSOAS RICAS E BONITAS. CADASTRE-SE AGORA!

Se você e seu Sugar Daddy ou Sugar Mommy têm uma viagem para a Europa por agora, precisam visitar estas exposições de arte imperdíveis, Sugar Baby.

É no verão europeu que as principais exposições do ano são abertas, claro, por causa das excelentes temperaturas que favorecem o turismo e aumenta o número de visitas. Confira nossas dicas.

Em Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian Pós-Pop, Fora do Lugar Comum

Lisboa está no auge! A capital portuguesa foi considerada o melhor destino turístico do velho continente e tem muita arte. Apresentada na Galeria Principal da Fundação Gulbenkian, a exposição “Pós-Pop, Fora do Lugar Comum” é dedicada aos desvios do movimento Pop Art em Portugal e na Inglaterra. Ela traz um novo ponto de vista sobre os anos 1965 a 1975. Ainda mostra que o Pop Art refletiu uma época fervilhante de cultura, que se tornou posteriormente arte conceitual.

Em Londres: Tate Modern – Picasso, 1932 – Love, Fame and Tragedy

1932 é tido como o ano mais importante na vida artística abstrata de Pablo Picasso. Essa é a primeira exposição solo do artista espanhol no Tate Modern e apresenta 100 trabalhos dele, incluindo obras icônicas do pintor.

Em Londres: Victoria and Albert Museum – Frida Kahlo: Making Her Self Up

O museu Victoria and Albert mantém sua tradição de trazer grandes artistas com Frida Kahlo. A exposição mostra de tudo um pouco, desde corsets pintados à mão até a perna protética usada por Frida, incluindo muitos acessórios e roupas que pertenceram à artista. mexicana. Esta é a primeira vez que essas peças são exibidas fora do México.

Em Atenas: Museum Cycladic of Art – George Condo

Ainda que vocês decidam viajar para a Grécia para conhecer as maravilhosas ilhas gregas, vale a pena passar também em Atenas para desbravar a cidade. O Museu Cycladic é belíssimo e tem um acervo rico. É lá que está exposta a primeira exposição individual do artista americano George Condo, com 30 pinturas, esculturas e desenhos. Condo foi essencial no reinvento da arte americana, junto com Basquiat, Keith Haring e Jeff Koons, nos anos 80.

Em Madri: Museu Thyssen-Bornemisza – Victor Vasarely e o nascimento da Op Art

A exposição traz uma excelente visão da obra do famoso artista húngaro. Ele começou a estudar medicina, mas abandonou o curso por causa de sua paixão pela arte abstrata. Ele se tornou o pai da Op Art (arte óptica ou cinética), com a obra Zebra. Por lá, é possível compreender o papel de Vasarely como artista e seu esforço de integrar a arte na sociedade.

 

CONHEÇA PESSOAS RICAS E BONITAS. CADASTRE-SE AGORA!