CONHEÇA HOMENS RICOS E MULHERES BONITAS. CADASTRE-SE AGORA!

Tudo está dando certo no trabalho. Você passa muitas horas se dedicando e sente que seus objetivos serão cumpridos mais rapidamente assim. Isso é maravilhoso, Sugar Baby. Mas também pode ser um risco. Ser workaholic pode trazer malefícios para a sua saúde. É preciso aprender a relaxar também, e não só trabalhar!

A Ciência Comprova!

Uma pesquisa do Europe Heart Journal, feita com 85 mil pessoas, encontrou uma relação entre as horas no escritório e a fibrilação auricular, que é o ritmo cardíaco anormal caracterizado por batimentos rápidos e irregulares.   

Os cientistas chegaram à conclusão de que quem passa mais tempo trabalhando – 55 horas semanais ou mais – tem 42% mais chance de sofrer a fibrilação, quando comparadas às que trabalham de 35 a 40 horas por semana.

Porém, esse diagnóstico pode demorar até 10 anos para ser definido, já que essa é uma doença silenciosa. O pior é que de cada dez casos, nove acontecem com quem não tinha nenhuma condição pré-existente, como cardiopatias na família. Isso  sugere que o trabalho em excesso é a causa direta do problema no coração.

O risco dessa doença é que os batimentos desordenados podem levar à formação de coágulos de sangue que, por sua vez, podem causar infartos. Portanto, vale a pena analisar se trabalhar mais horas por dia do que o necessário é realmente crucial. Lembre-se que o equilíbrio é a chave para se ter uma vida saudável e próspera.   

CONHEÇA HOMENS RICOS E MULHERES BONITAS. CADASTRE-SE AGORA!