CONHEÇA HOMENS RICOS E MULHERES BONITAS. CADASTRE-SE AGORA!

Sempre trazemos aqui, para o blog do Meu Patrocínio, histórias reais de Sugar Babies inspiradoras, que mostram o que cada uma já viveu dentro do Mundo Sugar. Algumas histórias tem como objetivo alertar, enquanto outras mostram as vantagens de um relacionamento Sugar.

No relato de hoje, a baby Vittoria conta como conseguiu ter sucesso na vida com a ajuda dos Sugar Daddies e como se destaque entre tantas Sugar Babies.

Vittoria, 29 anos

“Eu levei muito tempo para alcançar o sucesso que eu tenho hoje. Eu tenho uma vida confortável, estável e com pouco estresse, tudo isso graças aos Sugar Daddies que eu tive, que foram verdadeiros mentores. Eu não cresci em uma família rica, muito pelo contrário; mas isso fez com que eu desenvolvesse várias habilidades que foram essenciais para eu chegar aonde cheguei. Isso me torna diferente de outras Sugar Babies.”

Sonhe grande

“Eu tive um ponto na vida em que as pessoas não queriam se aproximar de mim por eu não ter dinheiro. Foi a partir daí que eu percebi que algo tinha que mudar. Eu fiz uma lista de metas que contava com coisas do tipo: trabalhar duro, comprar roupas melhores e nunca ser intimidada ou envergonhada novamente.”

Lista de Objetivos

“Eu acho que o mais importante dessa lista é que ela não tinha só objetivos materiais. Eu me propus a mudar interna e externamente. Me fiz mais culta, mais inteligente. Hoje, eu falo quatro línguas e minha lista de países visitados é bem grande. Eu coloquei como objetivo dar a volta ao mundo, conhecer o maior número de países que eu conseguir. O que me ajudou a seguir esse objetivo foi deixá-lo sempre à vista. Para isso, comprei um mapa mundi que você consegue marcar quais países já visitou. Isso foi ótimo para a minha meta.”

A Culpa

“No início, eu costumava me sentir culpada por receber presentes caros e ajuda dos meus Daddies. Percebi que essa sensação foi por conta de eu ter crescido em família humilde. Depois um de um tempo, me acostumei e comecei a me sentir tranquila com cada centavo, cada rosa e cada mimo que eu recebia.”

Retribuindo

“Eu me sinto muito feliz e realizada hoje em dia. Mas, as roupas, viagens, bolsas e sapatos não me fizeram esquecer de onde eu vim. Os frutos do meu trabalho e da ajuda dos meus Daddies fez com que eu conseguisse retribuir toda essa generosidade deles comigo e que me fez ficar assim também. Então, todo mês eu reservo um dia e um valor para ajudar alguma comunidade ou instituição para melhorar a vida das pessoas.”

CONHEÇA HOMENS RICOS E MULHERES BONITAS. CADASTRE-SE AGORA!