confissões

22 05, 2017
3 Sugar Babies revelam como seria o encontro perfeito

Por |05 maio, 2017|Categorias: Sugar Daddy|Tags: , , , , , , , |Comentários desativados em 3 Sugar Babies revelam como seria o encontro perfeito

Depois de conhecer um Sugar Daddy interessante, vem aquela expectativa para o primeiro encontro. Friozinho na barriga e ansiedade são frequentes. Confira o que dizem três Sugar Babies sobre como seria o primeiro encontro Sugar perfeito.

Paula, 31 anos

“Já tive bons primeiros encontros e alguns meio decepcionantes. O que eu espero, ao conhecer um Sugar Daddy pessoalmente, é que ele seja coerente com o que mostrou no perfil e também com o que me contou. Imagino que para todas as Sugar Babies não tem nada pior do que perceber que a pessoa não é nada daquilo que disse on-line. É muito frustrante!”

Maria Flávia, 27 anos

“Nossa! Tudo o que eu quero de um primeiro encontro é que o Sugar Daddy me surpreenda. Seja pela postura, por ser super cavalheiro, por marcar o date em um lugar incrível… Eu espero ser tratada como uma princesa e que ele tenho olhos só para mim, a noite toda. Afinal, eu passei bastante tempo pensando no look, me produzindo e pesquisando sobre a vida dele para passar a melhor impressão possível e ser assertiva nos assuntos. Sair com um homem que fica mexendo no celular a todo momento e não se concentra na gente é muito chato. Espero que ele saiba o quanto o primeiro encontro é importante para nós, mulheres.”

Cintia, 25 anos

“O primeiro encontro perfeito para mim precisa ter um bom restaurante e um bom vinho incluídos. Precisa ser à noite – porque dá pra gente se produzir mais, ter um clima mais intimista e aconchegante. Além disso, o Sugar Daddy deve ser um homem respeitoso que olhe nos olhos e não fique só me olhando como se estivesse me despindo. Ele tem que ser um romântico à moda antiga sempre, desde o começo da relação.”

CADASTRE-SE
13 05, 2017
Daddies Mais Velhos: Confissões de uma Sugar Baby

Por |05 maio, 2017|Categorias: Sugar Baby|Tags: , , , , , |Comentários desativados em Daddies Mais Velhos: Confissões de uma Sugar Baby

O Mundo Sugar é composto por uma variedade enorme de Sugar Babies e, ainda mais de Sugar Daddies. Sabe-se bem que o número de Daddies é superior ao de Babies, mas, em meio a tanta variedade é natural pensarmos que exista um estilo de Daddy que seja de maior preferência entre elas. Mas, a realidade é que cada Sugar Baby é diferente da outra.

Alguns homens, inclusive ficam com receio de entrar para o grande pote de açúcar e viver uma vida doce. Para quebrar esse tabu, confira a entrevista com a Sugar Baby Lilian Machado, que tem preferência apenas por Daddies mais velhos.

Qual o Sugar Daddy mais velho com que você já se relacionou?

Bom, o mais velho de todos que eu me relacionei tinha 68 anos. Ele era extremamente doce e generoso. Foi uma experiência ótima para mim, ainda mais por ter sido o primeiro Daddy mais velho que eu me relacionei.

O que você acha ser o melhor e o pior em um Daddy mais velho?

Eu tenho que dizer que eu prefiro MUITO mais os Daddies mais velhos que os mais novos. Eu sinto que os que têm menos idade tendem a pensar muito em si mesmo e que o mais velhos são mais altruístas, generosos e tem mais experiência no Mundo Sugar.

Você acha que as diferentes visões de mundo podem atrapalhar o relacionamento?

Claro que a diferença de idade provoca algumas divergências com relação a certas opiniões sociais e econômicas, por exemplo. Todos os Daddies mais velhos tinham alguns ideais diferentes dos meus, mas, se formos parar para pensar, isso acontece, inclusive com os Daddies mais novos. Mas, ao mesmo tempo, eles fazem parte do mundo Sugar e, para mim, isso já é um grande sinal de que a pessoa tem uma visão diferente das coisas, no sentido positivo, claro.

Você já terminou um relacionamento Sugar por conta de alguma diferença de valores?

Já, sim. Quando eu terminei me senti livre. Porém, nos relacionamentos seguintes, eu me vi mais tolerante com relação a essas diferenças e não deixei que elas tivessem tanta influência em nossos encontros e assuntos.

Daddies mais velhos são os mais generosos?

Olha, não posso falar por todos, claro. Os mais velhos com que me relacionei foram os mais generosos com relação a presentes, viagens e mimos. Parece que eles apreciam e valorizam mais o tempo que passam com você. Porém, vez ou outra já tive Daddy que simplesmente não entendia por que eu queria uma bolsa Chanel ou um Manolo novo. Talvez isso tivesse mais relação com a visão de mundo do que de dinheiro. Na verdade, não sei direito dizer qual era o porquê (risos).

Para quem está pensando em sair com Daddies mais velhos, qual seu conselho para quem quer saber se ela é a pessoa para se relacionar com eles?

Se você fica desconfortável com olhares nas ruas, então eu não recomendo que você escolha um Daddy mais velho. As pessoas não sabem o que vocês dois tem e, no geral, não olham com bons olhos. As pessoas irão pensar que você é alpinista social, acompanhante ou coisas do tipo. Em segundo lugar, se o físico de pessoas mais velhas te incomoda, então não aconselho sair com mais velhos também. Meu terceiro conselho é: faça do seu clique, do seu ‘sim’ para o convite dele algo natural para você; não se force a nada.

 

 

EM BUSCA DE UM SUGAR DADDY? ENTRE AGORA PARA A MAIOR REDE DE RELACIONAMENTO SUGAR DO BRASIL E ENCONTRE O SEU

2 05, 2017
Os melhores e os piores presentes para Sugar Babies

Por |05 maio, 2017|Categorias: Relacionamento Sugar|Tags: , , , , , , , , , |Comentários desativados em Os melhores e os piores presentes para Sugar Babies

Todas as Sugar Babies amam ganhar mimos, de fato. Porém, existem alguns presentes que podem não agradar tanto. Confira o que 3 Babies disseram sobre o que adoraram ganhar do Sugar Daddy e o que elas não curtiram.

Cristina, 29 anos

“Tive a sorte de encontrar um Sugar Daddy muito generoso. Até demais. Rs. No início, ele queria comprar para mim tudo que ele via pela frente e, claro, às vezes, algo não tinha nada a ver comigo, como uma bolsa super coloridona que eu tive que disfarçar para não demonstrar que não gostei. Com jeitinho, fui mostrando que meu estilo é mais clássico e que eu gosto de bolsas sóbrias e elegantes. O melhor mimo, aliás, também foi uma bolsa, da Chanel, que hoje é meu xodó.”

Marcela, 24 anos

“O meu primeiro Sugar Daddy, que não é o meu atual, adorava me presentear com um estilo de roupa que ele gostava, mas que eu achava cafona, sinceramente. Verdade seja dita: há muita coisa cara de gosto meio duvidoso. Rs. Uma vez ele me deu um vestido caríssimo e… horroroso. Não consegui nem usar. Em compensação, o melhor mimo, desta vez do meu atual papai de açúcar, foi uma viagem de 15 dias para a Europa. Conheci Paris, meu sonho de criança. Foi maravilhoso!”   

Tatiana, 31 anos

 

“Eu costumo gostar de quase tudo que meu Sugar Daddy me dá. E olha que ele é bem empolgado quando o assunto é presente. Roupas, joias, sapatos. Esse é um homem que sabe mimar uma mulher! Raras foram as vezes em que eu não fiquei tão feliz com um mimo dele. O que mais me impressionou e me deixou sem reação de tanta felicidade foi um carro zero que ele me deu de presente de aniversário. Sou uma pessoa de sorte! Um que não me animou tanto foi uma caixa de chocolates finos. O problema é que eu sou intolerante à lactose e não pude aproveitar a delícia.”  

 

 

 

CADASTRE-SE NA MAIOR REDE DE RELACIONAMENTO SUGAR DO PAÍS

28 04, 2017
Confissões de uma Sugar Baby 4

Por |04 abril, 2017|Categorias: Sugar Baby|Tags: , , , , , |Comentários desativados em Confissões de uma Sugar Baby 4

Carioca da gema, desenvolta, interessante, curiosa, divertida e livre, Melina sempre se destacou por sua personalidade única. Além disso, ainda era uma mulher linda. Ao saber do estilo de vida Sugar por uma amiga, ela logo percebeu que tinha o perfil de Sugar Baby, já que era uma pessoa ambiciosa que almejava conquistar o mundo.

Entrando para o Universo Sugar

Depois de se inteirar de como funcionava o relacionamento Sugar, Melina, solteira convicta até então, criou seu perfil e conheceu João Carlos, seu primeiro e atual Sugar Daddy. Juntos há um ano, eles vivem na ponte aérea para se encontrarem. Ele é um alto executivo de São Paulo e ela está no último ano da faculdade de direito.

No início da relação, Melina viu que tinha tomado a decisão correta. João a tratava como uma princesa, sempre muito atencioso e gentil. Ela se sentia amada, cuidada e muito segura quando estava ao lado dele.

As afinidades eram inegáveis e eles viram que a química era palpável já no primeiro encontro, no restaurante Oro, no Rio de Janeiro. Que noite inesquecível! Melina ainda se pega, vez ou outra, recordando aqueles momentos.

A sinergia impressionante, nítida logo de cara, já gerou muitos frutos. Por exemplo, o trabalho de Melina. A partir de seus contatos, João a apresentou para as pessoas certas e ela conquistou o cargo de assessora jurídica de um dos mais importantes desembargadores do Rio. O primeiro passo para uma carreira promissora e de muito sucesso.

Os presentes de João são muitíssimos especiais. Provavelmente, Melina demoraria muitos anos para conseguir comprar alguma das peças de roupas (de grife, é claro), sapatos e joias. Aliás, o primeiro presente foi uma bolsa Chanel clássica e lindíssima que é o xodó dela.

Mas o que mais a surpreendeu foi o presentaço de aniversário, no dia 18 de março. João marcou de pegá-la na casa dela, às 20h. Na hora combinada, apertou o interfone e ficou esperando ela descer. Assim que Melina chegou, ele entregou uma caixinha pequena, que parecia de jóia. Quando ela a abriu, a surpresa foi mágica. Era a chave de um carro zero quilômetro que estava estacionado na porta com um enorme laçarote roxo. Sem dúvidas, o universo Sugar é infinitamente mais doce que os melhores sonhos de Melina.

 

 

 

QUER TER A VIDA TÃO DOCE QUANTO A DE MELINA? ENTRE AGORA PARA O MEU PATROCÍNIO
21 04, 2017
As maiores dificuldades para encontrar o Sugar Daddy ideal

Por |04 abril, 2017|Categorias: Relacionamento Sugar|Tags: , , , , , , |Comentários desativados em As maiores dificuldades para encontrar o Sugar Daddy ideal

Conversamos com Silvia, uma Sugar Baby experiente e de sucesso, sobre as dificuldades de encontrar o Sugar Daddy ideal dentro do Universo Sugar. Confira.

 

Meu Patrocínio – Como foi seu início no universo Sugar?

Silvia – No começo, eu ficava bastante apreensiva por estar demorando muito para encontrar um Sugar Daddy que me interessasse de verdade. Minha dica é ter em mente, desde o início, o tipo de homem que você está buscando. Faça uma listinha com as qualidades que você quer que ele tenha e os defeitos que você não suporta em alguém. É um bom primeiro passo.

 

MP – Você teve dificuldade em encontrar seu Sugar Daddy?

S – Sem dúvidas. Conversei com muitos e muitos Daddies antes de decidir encontrar o primeiro. E, embora a gente tenha se falado muito pelo chat, pessoalmente percebi que ele não era o que eu esperava. O meu Daddy perfeito eu só encontrei depois de entender bem o conceito Sugar, me certificar que ele também entendia e, principalmente, definir o que eu queria para minha vida.

 

MP – E quais são as maiores dificuldades que se pode encontrar?

S – Primeiro, a distância. Se você conhecer um Sugar Daddy incrível, mas que mora muito longe, isso pode ser um entrave. Outro fator é que muitos Daddies entram para o universo Sugar, mas não entendem o conceito. Daí, eles acham que somos vazias e sem conteúdo. Essa é uma dificuldade enorme. Alguns caras também não entendem que não são nossos donos, que somos donas de nós mesmas, que queremos ser amadas e cuidadas. A falta de compreensão do que é o estilo de vida Sugar talvez seja o maior desafio.   

 

 

COM ESSAS DICAS VAI FICAR MAIS FÁCIL DE ENCONTRAR SEU SUGAR DADDY! ENTRE AGORA PARA A MAIOR REDE DE RELACIONAMENTO SUGAR DO BRASIL