amor

18 04, 2016
Como desfrutar a primeira viagem juntos

Por |04 abril, 2016|Categorias: Primeiro Encontro|Tags: , , , , , , , , , , , , , |Comentários desativados em Como desfrutar a primeira viagem juntos

Seja para comemorar meses de namoro ou até na noite de núpcias, mais cedo ou mais tarde isto vai acontecer: sua primeira viagem de casal! E por melhor que esteja o relacionamento, surgem dúvidas e medos. Saiba que muita coisa muda, e é preciso se preparar para mais do que uma relação: uma convivência.

Antes de começar a planejar o passeio, avalie se quer que essas mudanças aconteçam, pois elas podem ser boas ou ruins. Viajar juntos também significa passar muito mais tempo em companhia do que estão acostumados, o que vai trazer à tona o mais íntimo e desconhecido de cada um (e isso é natural).

Será que é cedo demais? Como saber a hora certa?

Cada relacionamento é diferente, mas como regra geral, antes de passar tantos dias juntos, é aconselhável que o casal já tenha experimento algumas noites juntos (de preferência seguidas). Imagine que constrangedor seria descobrir, a quilômetros longe de casa e sem chances de volta, que seu parceiro possui hábitos noturnos que não combinam com os seus? Roncos, roupas (ou a ausência delas), movimentos durante o sono… Tudo isso conta!

Que tipo de viagem? Para onde?

Pense no seu ideal de férias: você gosta de aventuras radicais e muito exercício físico ou prefere relaxar na piscina, gastando o mínimo de energia possível? Pense também no seu parceiro: você conhece o ideal de férias dele? O melhor é planejar algo misto – nada tão exaustivo, mas nada muito parado. Um dia, vocês podem caminhar ou andar de bicicleta e, no outro, matar o tempo numa praia.

Quem deve organizar?

Pode parecer romântico planejar um fim de semana, sozinho, para duas pessoas. Porém, no início do relacionamento, é importante você dar abertura ao seu parceiro – assim, ambos vão conhecendo as peculiaridades um do outro e evita-se muitos estresses. Deixe o romantismo para as pequenas coisas, como escolher um bom vinho, uma música para o momento, flores no quarto e outros mimos.

Hábitos ou frescuras?

Lembre-se que, quando estava em casa, seu parceiro ou parceira estava à vontade, com tudo do jeito que queria. Na viagem, não é bem assim… Talvez ele seja bagunceiro, talvez ela tenha mau humor pela manhã, ou quem sabe existam ordens e rituais entre o sair da cama e oo café da manhã (escovar os dentes, tomar banho, assistir ao jornal…). Portanto, mesmo que vocês já tenham passado algumas noites juntos, prepare-se para conhecer novas rotinas do seu parceiro.

Teste de fogo: melhora ou piora?

Quando estamos com alguém 24 horas por dia, começamos a enxergar a pessoa real que está ao nosso lado. Após dois ou três dias juntos, é possível ter uma boa ideia de como é a pessoa e se vale a pena investir a longo prazo. Use essa oportunidade com cautela – provavelmente haverá uma ou outra discussão, e só vocês podem dizer se está no limite aceitável para suas vidas. Ninguém é perfeito, leve em consideração as eventualidades de uma viagem e a pressão do parceiro.

Compromisso e paciência são a chave para que qualquer fim de semana com o parceiro seja bem-sucedido. É talvez o passe para qualquer relacionamento dar certo – lembre-se do mais importante: comunicação! Sobreviver à primeira viagem juntos significa que vocês estão prontos para coisas maiores e melhores.


Lux Monday: Como vai ser a sua semana? Luxo, viagens e bem-estar!

1 04, 2016
Vantagens de relacionamento casual

Por |04 abril, 2016|Categorias: Sugar Baby|Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , |Comentários desativados em Vantagens de relacionamento casual

As pessoas julgam os relacionamentos casuais (ou, como gostam de chamar, as aventuras amorosas, paixões de verão). Mas, assim como no namoro, esse tipo de relação pode trazer experiência e crescimento pessoal para ambos os envolvidos.

A busca pelo príncipe encantado ou da princesa nunca acaba. As pessoas estão acostumadas a idealizar uma pessoa “perfeita” para elas. Nesse trajeto, elas namoram, terminam, conhecem pessoas novas, saem, se decepcionam e namoram de novo. E cada pessoa nova que entra em sua vida é responsável por um novo aprendizado pessoal.

Para começar, o que define se alo é “sério” ou não? Um namoro dura pelo menos seis meses, um ano? Um relacionamento casual é uma aventura amorosa que pode acontecer durante suas férias de verão? É difícil medir tudo isso… A diferença básica é no sentimento que está envolvido – você está tentando agradar a outra pessoa ou nem tanto?

4 aprendizados de um relacionamento casual:

1. Controlar os sentimentos

Em aventuras amorosas, você sabe que não pode se envolver emocionalmente e acaba aprendendo a controlar suas emoções e expectativas.

2. Saber exatamente o que quer

A exposição a várias pessoas diferentes te ajuda a moldar teu padrão ideal. Em relacionamentos casuais, descobre-se não só por quem está atraído, mas também como quer ser tratado.

3. Ter equilíbrio na vida

O relacionamento sério, às vezes, suga a vida da pessoa e, por envolver muito sentimento, pode fazer com que ela foque todo seu dia naquele relacionamento e deixe de lado os amigos, familiares, trabalho… Nos relacionamentos casuais, você aprende a equilibrar seu tempo e distribuir o seu dia para você. As aventuras amorosas não precisam ser sérias e por isso não exigem tanto tempo de você e, consequentemente, não faz com que você viva para seu parceiro.

4. Reconhecer os pequenos gestos

É frustrante quando estamos em um relacionamento sério e a pessoa não supera nossas expectativas. Em aventuras amorosas, você não está esperando muito da pessoa, então os pequenos gestos são muito gratificantes.

27 01, 2016
Os segredos de ser uma Sugar Baby

Por |01 janeiro, 2016|Categorias: Sugar Baby|Tags: , , , , , , , , , , , , , , , |Comentários desativados em Os segredos de ser uma Sugar Baby

5 dicas para ser uma legítima Sugar Baby

Entrou de paraquedas nesse universo Sugar? Você quer ser uma Sugar Baby, mas não sabe como?

Ser uma legítima Sugar Baby pode ser mais simples do que parece. Preparamos uma lista com as principais atitudes que você deve ter para ser uma:

1. Conheça seu Sugar Daddy antes de começar um relacionamento com ele: Saiba coisas sobre a vida dele, faça perguntas pessoais. É importante saber quem é o homem com quem você deseja se relacionar antes de iniciar um contato mais íntimo.

2. Valorize-se: Não deixe nenhum homem te desvalorizar. Não procure um Sugar Daddy no desespero, se você estiver com pressa vai se contentar com o mínimo. O Sugar Daddy ideal para você está lá, você só precisa procurar com calma. Então, não se contente com um simples espumante quando você pode beber Champagne!

3. Não troque dinheiro por envolvimento íntimo: Uma relação Sugar não é baseada em troca de dinheiro por satisfação sexual. É uma relação de benefícios mútuos, na qual as pessoas sabem o que querem receber, como atenção, carinho, uma companheira de viagem. Então, saiba que ninguém pode te comprar. A ajuda financeira é porque ele pode, não porque é seu dono.

4. Doe-se: Uma Sugar Baby legítima dedica-se ao seu Sugar Daddy, dá carinho, atenção e seu tempo.

5. A relação Sugar não precisa ser um segredo: Ser uma Sugar Baby não precisa ser um segredo. Não se importe com o que vão pensar de você, as pessoas têm preconceitos com tudo que é novo. Você tem total liberdade de falar que é uma Sugar Baby se estiver segura disso.

SEJA UMA SUGAR BABY! CADASTRE-SE AGORA MESMO.

24 01, 2016
4 verdades sobre a Sugar Baby

Por |01 janeiro, 2016|Categorias: Sugar Baby|Tags: , , , , , , , , , , |Comentários desativados em 4 verdades sobre a Sugar Baby

4 verdades sobre a Sugar Baby

Você está pronta para ser uma Sugar Baby? Entenda algumas questões sobre esse estilo de vida

Existem muitas dúvidas ainda sobre quem são as Sugar Babies. O site Meu Patrocínio separou quatro pontos cruciais das Sugar Babies para ajudar vocês:

1. Não se preocupe em ser velha demais ou nova demais: Não existe idade ideal para ser uma Sugar Baby. Existe saber se portar e se vestir. Devemos lembrar que os Sugar Daddies são homens mais velhos, então não dá para eles saírem com mulheres que se portam e se vestem como uma adolescente, afinal ninguém quer o garçom lhes perguntando o que a sua filha vai querer beber.

2. Você não precisa ser uma super modelo: Você não precisa estar vestida e ser magra como uma modelo de passarela. Basta ser sexy e confiante.

3. Seja segura de si: Muitos Sugar Daddies vão ficar nervosos no início, especialmente se for a primeira experiência deles nesse estilo de vida. É importante você estar segura do que quer e do que pode oferecer, ou seja, pense e acredite, você é a melhor.

4. Se levar um fora, não leve para o pessoal: Depois de alguns meses de relação, o Sugar Daddy pode não querer mais esse estilo de vida. Os Sugar Daddies, a maioria, leva a relação sugar como um mimo para si antes de ficar muito velho para isso.

 

MATÉRIAS RELACIONADAS

23 01, 2016
Regra básica para manter um Sugar Daddy

Por |01 janeiro, 2016|Categorias: Sugar Baby|Tags: , , , , , , , , , , , , , , , |Comentários desativados em Regra básica para manter um Sugar Daddy

Regra básica para manter um Sugar Daddy

Conseguiu o Sugar Daddy ideal? Então, atenção Sugar Babies: saibam as regras básicas de etiqueta e educação

 Ser bem articulada, saber conversar, ser sofisticada e saber se portar em qualquer ambiente vai resultar em muitos Sugar Daddies interessados em mais do que promessas de relacionamentos. Você deve pensar que, ao ser uma legítima Sugar Baby, frequentará ambientes mais refinados. Não deixe o seu Sugar Daddy ter vergonha de levá-la nos lugares. Ninguém gosta de ser envergonhado em público por seu companheiro, especialmente Sugar Daddies que são homens bem-sucedidos e que estão acostumados com luxo e etiqueta.

Além disso, lembre-se: trate garçons, atendentes de loja e todos ao redor com carinho e respeito.

Se você for simpática e educada, vai refletir a sua beleza interior, algo que dinheiro nenhum pode comprar!